Bem Estar Global: Mulheres e pessoas com asma serão público-alvo na Tenda da Farmácia

CFF - 10/07/2018 às 13:03:43

Bem Estar Global: Mulheres e pessoas com asma serão público-alvo na Tenda da Farmácia

Os farmacêuticos estarão junto com a Rede Globo e o Sesi prestando atendimento gratuito à população de Betim (MG), durante o projeto Bem Estar Global, que ocorre no dia 20 de julho, das 8 às 13 horas, no estacionamento do Ginásio Poliesportivo de Betim (MG).  Na tenda da Farmácia, as atividades serão voltadas à prevenção do câncer do colo do útero na população feminina de 25 a 64 anos, e ao rastreamento de casos de asma e à orientação das pessoas com essa doença. Os conselhos atuarão em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, o projeto Âmbar/UFOP, a Sociedade Brasileira de Citologia Clínica (SBCC), a Sociedade Brasileira de Farmácia Clínica (SBFC) e a Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (Sobrafo).

O público-alvo da ação não foi escolhido por acaso. Segundo levantamento feito em 2013 pela Agência Internacional de Investigação em Câncer, o câncer do colo do útero mata 288 mil mulheres por ano em todo mundo, sendo que 80% das mortes acontecem em mulheres de países em desenvolvimento. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que serão registrados 16.370 casos novos de câncer do colo do útero a cada ano do biênio 2018/2019. Na Região Sudeste, serão 4.420 novos casos, dos quais, 890 em Minas Gerais. Sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer do colo do útero é o primeiro mais incidente na Região Norte (25,62/100 mil). Nas Regiões Nordeste (20,47/100 mil) e Centro-Oeste (18,32/100 mil), ocupa a segunda posição mais frequente (http://www.inca.gov.br/estimativa/2018/sintese-de-resultados-comentarios.asp).

A asma também preocupa, pois é uma das condições crônicas mais comuns que afeta tanto crianças quanto adultos, sendo um problema mundial de saúde e acometendo cerca de 300 milhões de indivíduos. Estima-se que, no Brasil, existam aproximadamente 20 milhões de asmáticos, se for considerada uma prevalência global de 10%. Em 2011 foram registradas pelo DATASUS 160 mil hospitalizações em todas as idades, dado que colocou a asma como a quarta causa de internações.  A taxa média de mortalidade no país, entre 1998 e 2007, foi de 1,52/100.000 habitantes. Neste contexto, o uso correto e seguro dos medicamentos é um desafio. Segundo as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia para o Manejo da Asma – 2012, a técnica de uso do inalador pressurizado (bombinha) sem espaçador não é trivial, e mais de 50% dos pacientes cometem erros.  

Papanicolau – A coleta de amostras para os exames ginecológicos será realizada com o apoio da Sociedade Brasileira de Citologia Clínica (SBCC), da Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (Sobrafo) e da Secretaria Municipal da Saúde de Betim. Sete consultórios garantirão privacidade às pacientes. Os exames serão realizados pelos farmacêuticos do Lapac/EF/Ufop e os resultados, entregues posteriormente, pelos serviços de saúde indicados no local. Para ser atendida a mulher necessitará, além de ter entre 25 e 64 anos, já ter se relacionado sexualmente, não ter usado lubrificantes ou medicamentos vaginais nas 24 horas antes da coleta, não estar menstruada (preferencialmente), estar de bexiga vazia e apresentar o cartão SUS no momento da coleta (caso tenha).

Asma – Para participar da campanha da asma, estão sendo convidadas pessoas que já têm a doença ou estão com tosse, falta de ar, aperto e chiado no peito. Todos os pacientes com esses sinais e sintomas serão submetidos aos testes de capacidade respiratória (pico de fluxo). Quem apresentar resultados alterados será encaminhado para diagnóstico nosológico. Pessoas que já têm o diagnóstico serão orientadas sobre o uso de dispositivos inalatórios e sobre medidas não farmacológicas para o controle da doença.  "É importante que elas tragam seus medicamentos, receitas e resultados de exames”, comenta a coordenadora da ação pelo CFF, Josélia Frade.

A presidente do CRF-MG, Yula Merola, destaca o empenho da entidade em contribuir para a realização de um evento tão bem pensado pelo CFF e de tanta relevância social. “É nosso dever incentivar os farmacêuticos a se apropriarem da condição de promotores da saúde, levando acolhimento, orientação e cuidado a todos que precisam", observa Yula, assinalando que, Minas Gerais tem profissionais de excelência para isso. 

O presidente do Conselho Federal de Farmácia (CFF) ressalta o ineditismo da ação, que coloca em evidência duas áreas de atuação farmacêutica, a citologia e a farmácia clínica. “Além de contribuirmos para a prevenção de duas doenças graves, estaremos divulgando que somos aptos a coletar amostras para exames preventivos e realizá-los. Também somos grandes aliados das pessoas que sofrem de dificuldades respiratórias.”











Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
2ª via Anuidade  
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CR
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Congressos
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Responsabilide Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2018 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG