Hoje em Dia - 23/02/2016 às 17:00:12

Mineiros serão testados com vacina contra a dengue

Minas Gerais vai participar da terceira e última fase de testes para a criação de uma vacina contra a dengue. A aplicação das doses será realizada na UFMG, em Belo Horizonte, mas ainda não há previsão de quando deve começar.

Os primeiros voluntários cadastrados para a etapa final dos estudos clínicos começaram a ser imunizados nessa segunda (22), em São Paulo, quando dez pessoas foram contempladas. A vacinação foi “inaugurada” no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Outras 1.200 pessoas receberão a vacina nos próximos dias.

O imunizante é desenvolvido pelo Instituto Butantan, em parceria com o National Institutes of Health, nos Estados Unidos. A vacina, feita com os próprios vírus da dengue, tem potencial para proteger contra os quatro tipos da doença.

O diferencial do produto diante dos concorrentes – como a vacina criada pelo laboratório francês Sanofi Pasteur, já aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – é que a administração é feita em dose única.

Acompanhamento

Os voluntários cadastrados serão acompanhados por cinco anos para que seja avaliada a proteção oferecida pela dose. O monitoramento será feito por meio de visitas programadas para coleta de amostras, além de conta os telefônicos e mensagens por celular, conforme informou o Instituto Butantan. Além de Belo Horizonte, a Fase III dos testes será conduzida no Amazonas, em Roraima, Rondônia, Sergipe, Ceará, Brasília (DF), no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e em dois institutos de São Paulo.

Placebo

Do total de voluntários, dois terços receberão a vacina e o restante apenas placebo, substância com as mesmas características da vacina, mas sem os vírus, ou seja, sem nenhum efeito contra a doença. Nem a equipe médica nem o participante saberão qual foi aplicada.

A estimativa do Butantan é de que todos os participantes estejam vacinados em um ano. Os resultados da pesquisa, no entanto, dependem de como será a circulação do vírus. A expectativa é a de que a vacina esteja disponível para registro federal até 2018.

Até o momento, a dose foi testada em 900 pessoas; 600 na Fase I dos testes, conduzida nos Estados Unidos, e 300 na Fase II, feita na USP, em São Paulo. Segundo o Instituto Butantan, os dados obtidos indicam que a vacina é segura, induz o organismo a produzir anticorpos de maneira equilibrada e é potencialmente eficaz.

Saiba como são feitas as vacinas no Brasil, do desenvolvimento à aprovação e chegada no mercado

Mineiros serão testados com vacina contra a dengue












Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
2ª via Anuidade  
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Projetos
Responsabilidade Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2019 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG