Comunicação CRF/MG - 22/02/2016 às 15:38:04

Tá no sangue ajudar

"Farmacêutico: ajudar tá no sangue!”. Este é o slogan da campanha permanente que o CRF/MG lançou no Dia do Farmacêutico, 20 de janeiro. Afinal, a solidariedade é marca da categoria, que também promove os cuidados com a saúde. “Esperamos que todos abracem essa causa, bem como se tornem multiplicadores da campanha, incentivando seus pacientes a procederem da mesma forma”, frisou o presidente o Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais, Luciano Rena.


A campanha visa estimular as doações de sangue e medula óssea, ajudando assim a salvar milhares de pessoas.  Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que a média de doadores de sangue está entre 3% e 5% em relação à população de todo o mundo. A média brasileira é de 1,9% nos últimos cinco anos; destes, 40% o fizeram pelo menos duas vezes ao ano.

Em Minas Gerais outras importantes ações vêm sendo realizadas com o mesmo objetivo. Uma delas é a “Quinta do Bem”, que conta com o apoio do CRF/MG. O projeto, idealizado pela jornalista Flávia Freitas, teve início em 2011. O foco principal é incentivar a doação de medula óssea. No Dia do Farmacêutico deste ano, Flávia esteve na sede do Conselho falando sobre o projeto e reiterando a importância de se ajudar.

Tanto a doação de sangue quanto a de medula óssea são realizados, em Minas Gerais, por intermédio da Fundação Hemominas. Para realizar o cadastro e doação é preciso ir a um Hemocentro. A lista completa, com endereços e telefones, está na página do Hemominas (www.hemominas.mg.gov.br ). Porém há especificidades para cada um deles. 

Doação de sangue

Para doar sangue não é necessário fazer cadastro. Basta se dirigir a um ou ainda agendar a doação pelo telefone 155, posição 8. Informações sobre doação de sangue também podem ser obtidas por meio deste número.

O doador deve...

·   Trazer documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);

·   Estar bem de saúde;

·   Ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias;

·   Pesar mais de 50 Kg;

·   Não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.

 

Impedimentos temporários

·   Febre;

·   Gripe ou resfriado;

·   Gravidez;

·   Pós-parto: parto normal, 90 dias; cesariana, 180 dias;

·   Uso de alguns medicamentos;

·   Pessoas que adotaram comportamento de risco para doenças sexualmente     transmissíveis.


Cirurgias e prazos de impedimentos 

·   Extração dentária: 72 horas;

·   Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes: três meses;

·   Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem seqüelas graves, tireoidectomia, colectomia: 6 meses;

·   Ingestão de bebida alcoólica no dia da doação;

·   Transfusão de sangue: 1 ano;

·   Tatuagem: 1 ano;

·   Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina.


Impedimentos definitivos

·   Hepatite após os 11 anos de idade;

·   Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;

·   Uso de drogas ilícitas injetáveis;

·   Malária.

 

Intervalos para doação

·   Homens: 60 dias (até 4 doações por ano);

·   Mulheres: 90 dias (até 3 doações por ano).

 

 

Doe sangue com responsabilidade


Você sabe o que é janela imunológica? É o período entre a contaminação da pessoa por um determinado agente infeccioso (HIV, hepatite...) e a sua detecção nos exames laboratoriais.

 

No período da janela imunológica, os exames são negativos, mas mesmo assim o sangue doado é capaz de transmitir o agente infeccioso aos pacientes que o receberem.

 

A sinceridade ao responder as perguntas do questionário que antecede a doação é importante para evitar a transmissão de doenças aos pacientes.


Nunca doe sangue se você quiser apenas fazer um exame para Aids. Neste caso, procure um Centro de Testagem Anônima e gratuita.

 

 

Cuidados pós-doação

·   Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas;

·   Aumentar a ingestão de líquidos;

·   Não fumar por cerca de 2 horas;

·   Evitar bebidas alcóolicas por 12 horas; 

·   Manter o curativo no local da punção por pelo menos de quatro horas;

·   Não dirigir veículos de grande porte, trabalhar em andaimes, praticar paraquedismo ou mergulho.












Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
2ª via Anuidade  
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Projetos
Responsabilidade Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2019 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG