Hoje em Dia - 22/02/2016 às 16:27:28

Tecnologia reforça combate ao mosquito

Alternativas para amenizar a incidência de focos do Aedes aegypti e das doenças causadas por esse vetor estão disponíveis na tela do celular. Aplicativos para smartphones Android e iOS ajudam usuários a afastar o mosquito e até a mapear os focos pelo bairro.

Uma das inovações é o aplicativo Sem Dengue. O sistema é uma espécie de rede colaborativa onde os usuários podem registrar em um mapa os pontos onde há acúmulo de água parada. A plataforma foi lançada no início deste ano e já tem mais de 20 pontos cadastrados somente em Belo Horizonte.

A ideia é simples. Ao visualizar um possível foco da dengue, como uma caixa d’água aberta, o usuário tira uma foto, envia pelo aplicativo e marca a localização da propriedade.

Nas cidades de São Paulo (SP) e Niterói (RJ), a plataforma é utilizada pelas prefeituras para combate ao mosquito. Em BH, apesar da adesão dos usuários, o Executivo municipal não tem previsão de uso do sistema pela Secretaria de Saúde.

Denúncias

Diversas imagens já foram enviadas por meio do aplicativo denunciando focos em quintais de vizinhos, lotes vagos e imóveis abandonados. A usuária Júlia Pereira Tavares Carneiro divulgou uma foto de uma piscina com água parada em uma cobertura. A propriedade, aparentemente fechada há anos, está localizada na rua Montevidéu, no bairro Sion, região Centro-Sul da capital mineira.

Uma laje irregular na rua Javari, bairro Renascença (Nordeste), não escapou do olhar atento de Rodrigo Gomes da Silva. Para Magaly Viana, o problema é o quintal da casa do vizinho, na rua Barão de Aiuruoca, no bairro João Pinheiro (Noroeste). O local está cheio de garrafas e outros recipientes com água acumulada.

“Já fiz várias denúncias sem resolução”, disse a usuária Isabelle Penna Santos sobre uma piscina na rua Castigliano, no bairro Padre Eustáquio(Noroeste).

Ultrassônicas

Usuários também adotaram a utilização do aplicativo Anti Mosquito para afastar os vetores das doenças. Com ondas de alta frequência (ultrassonoras), imperceptíveis para o ouvido humano, o sistema promete afastar mosquitos e outros insetos. O som emitido imita o barulho de predadores dessas pragas, como libélulas e morcegos.

Apesar de não haver comprovações científicas sobre a eficácia do aplicativo, usuários relatam na plataforma que notaram a redução dos insetos. O sistema desenvolvido pela empresa Exa Mobile é gratuito para Android e iOS.











Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
2ª via Anuidade  
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Projetos
Responsabilidade Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2019 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG