Comunicação CRF/MG - 09/01/2017 às 15:06:58

CRF/MG recebe resposta da VISA estadual sobre a aplicação de vacinas em farmácias e drogarias

O Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF/MG) está intervindo junto à Superintendência de Vigilância Sanitária de Minas Gerais (SVSMG) para assegurar a aplicação de vacinas em farmácia e drogarias.

Em outubro de 2016, a diretoria do CRF/MG encaminhou ofício à Superintendência de Vigilância Sanitária de Minas Gerais (SVSMG), solicitando um parecer do órgão em relação á regularidade da aplicação do medicamento em farmácias e drogarias.

No documento, o presidente Luciano Rena ressaltou que, além facilitar o acesso da população a estes medicamentos, a disponibilização de vacinas em farmácias é respaldada pelas Leis Federais 5.991/73 e 13.021/14.

No final de 2016, entre outras colocações, a SVSMG informou que: “as Vigilâncias Sanitárias e os estabelecimentos têm sido orientados sobre a possibilidade de aplicação de vacinas em drogarias e farmácias, conforme já previsto nas leis federais”.

Também no documento, o superintendente da VISA ressalta que o órgão “está estudando uma proposta de elaboração de resolução estadual sobre o assunto e contamos com a colaboração do CRF/MG na sua efetivação”.

Para que o estabelecimento seja licenciado para aplicação de vacinas, além do respaldo legal, é preciso atender aos requisitos da Portaria Conjunta ANVISA/FUNASA nº 1, de 02 de agosto de 2000, e os guias do Ministério da Saúde e ANVISA (Manual de Rede de Frio/MS e Guia para a Qualificação de Transporte dos Produtos Biológicos/ANVISA).

De acordo com a SVSMG, “no alvará sanitário deve constar a atividade de aplicação de injetáveis/vacinas; a atividade deve ser realizada em sala exclusiva, com existência de procedimentos, infraestrutura física e materiais que permitam garantir a segurança do paciente.”

O estabelecimento deve atentar-se também para o cumprimento de todos os requisitos de transporte e armazenagem dos produtos; para a adoção de procedimentos que minimizem a possibilidade de eventos adversos, indicando protocolos de emergência e inclusão da atividade de aplicação de vacinas no PGRSS (Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde).

A Resolução 574/2013 regulamenta e estabelece atribuições e competências do farmacêutico na dispensação e aplicação de vacinas, em farmácias e drogarias. Contudo, os profissionais devem estar capacitados para o serviço e, além de preencher o cartão de vacinas, necessitam ainda emitir a Declaração de Serviço Farmacêutico em duas vias, sendo a primeira entregue ao paciente/usuário e, a segunda, arquivada no estabelecimento. Somente vacinas registradas na ANVISA podem ser adquiridas pelo estabelecimento e dispensadas mediante prescrição médica.

Será marcada outra reunião com a Superintendência da Vigilância Sanitária para dar continuidade ao assunto e consolidar uma proposta de normatização para a atividade, que possa respaldar a categoria farmacêutica com diretrizes técnicas estaduais que norteiem os serviços de aplicação de vacinas em farmácias e drogarias.

Foto: Prefeitura Municipal Itanhaém

 











Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
Anuidade 2020
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Projetos
Responsabilidade Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2020 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG