Orientações para Farmacêuticos em que atuam com atendimento ao público

Comunicação CRF/MG - 16/03/2020 às 17:00:27

Orientações para Farmacêuticos em que atuam com atendimento ao público

O CRF/MG compilou informações importantes sobre o Coronavírus (Covid-19), com recomendações para a você adotar com o seu paciente/cliente e também para os funcionários que trabalham nos estabelecimentos farmacêuticos.

Vamos fazer a nossa parte para evitar a disseminação do vírus!

 

Clique aqui e baixe a cartilha Coronavírus: Orientações para Farmacêticos que aual com atendimento ao público

Clique aqui e baixe a lista com os contatos dos Farmacêuticos Fiscais do CRF/MG em todo o estado

 

1-    Seguir as Recomendações das Autoridades Sanitárias - Federal, Estadual e Local.
A primeira recomendação que o Conselho Regional de Farmácia faz aos farmacêuticos mineiros é seguir a orientação das Autoridades Sanitárias das três esferas de governo, por meio de suas recomendações e documentos oficiais.
Esses documentos podem ser acessados no site do Ministério da Saúde em 
http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/
https://www.saude.gov.br/boletins-epidemiologicos
https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

Também é importante seguir o site da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais para obter as informações pertinentes, acessando o site https://saude.mg.gov.br/coronavirus , e a Secretaria Municipal de Saúde do município onde você trabalha.

 

2-    Facilitar a informação para o cidadão sobre a infecção por Covid-19 ou Coronavírus.
a)    Colocação de informação visual (cartaz e folhetos) em lugares estratégicos do estabelecimento para proporcionar à população as instruções sobre higiene de mãos e higiene respiratória. Verificar na Secretaria Municipal de Saúde se há disponibilidade desse tipo de divulgação.


b)    Informar aos usuários as medidas genéricas de proteção individual referentes a enfermidades respiratórias que incluem:
- Higiene frequente das mãos, lavando-as com água e sabonete líquido, ou a utilização de álcool em gel a 70%, especialmente após contato direto de pessoas ao seu entorno.
- Usar lenços de papel para a higiene respiratória e descartá-los após o uso.
- Se você apresentar os sintomas respiratórios como febre, coriza, tosse, nariz entupido, evite o contato com outras pessoas, mantendo-se à distância de aproximadamente um metro (1) e não tocá-las.
- Evitar tocar os olhos, nariz e boca, já que as mãos facilitam a transmissão.
- Ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente.
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.


c)    Recomenda-se colocar dispensadores de álcool gel ao alcance dos usuários e trabalhadores dos estabelecimentos farmacêuticos.

 

3-    Uso de Máscaras.
Em relação ao uso de máscaras, a população em geral saudável, não necessita usá-las.
As máscaras ajudam a prevenir a transmissão dos vírus naquelas pessoas que estão contaminadas ou enfermas. Os farmacêuticos indicarão o uso de máscaras naquelas situações em que as considere necessário, estudando caso a caso. 
O uso inadequado de máscaras pode contribuir para o desabastecimento das mesmas no mercado local e nas unidades de Saúde e promover uma sensação de falsa segurança que pode levar a negligenciar outras medidas como a prática de higiene das mãos.
Da mesma forma, não se recomenda o uso rotineiro de máscaras aos trabalhadores da farmácia, pois não há indicação para isso.

Modo de Usar:
Os farmacêuticos e trabalhadores devem utilizá-la para evitar a contaminação da boca e nariz por gotículas respiratórias, quando o mesmo atuar a uma distância inferior a 1 (um) metro do paciente suspeito ou confirmado de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2):
- Coloque a máscara cuidadosamente para cobrir a boca e nariz e amarre com segurança para minimizar os espaços entre a face e a máscara;
- Enquanto estiver em uso, evite tocar na máscara; 
- Remova a máscara usando a técnica apropriada (ou seja, não toque na frente, mas remova sempre por trás); 
- Após a remoção ou sempre que tocar inadvertidamente em uma máscara usada, deve-se realizar a higiene das mãos; 
- Substitua as máscaras usadas por uma nova máscara limpa e seca assim que esta tornar-se úmida; 
- Não reutilize máscaras descartáveis. 
Observação: Máscaras de tecido não são recomendadas, sob qualquer circunstância.

Pode-se consultar informações sobre seu uso em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

 

4-    Proteção do Farmacêutico e do trabalhador do estabelecimento farmacêutico.
a)    Pautas de higiene a seguir pelo trabalhador da farmácia.
- Higiene das mãos frequentemente, lavar com água e sabão ou usar álcool gel.
- Ao tossir, cobrir a boca e o nariz com o cotovelo flexionado ou utilizar lenço de papel descartável e descartá-lo adequadamente. Higienizar as mãos. Utilizar lenço descartável para a higiene nasal.
- Manter distância mínima de um (1) metro de outras pessoas que apresentem sinais ou sintomas de infecções respiratórias agudas, como tosse, espirros e congestão nasal.
- Evite tocar nos olhos, nariz e boca, bem como objetos potencialmente contaminados como corrimão ou maçanetas, já que facilitam a transmissão do vírus.
- Mudar a etiqueta de tratamento às pessoas. Evite o contato pessoal como apertos de mãos, abraços ou beijos, mesmo em pessoas assintomáticas. Essa medida ajuda a reduzir a propagação do vírus.

b)    Limpeza do ambiente de trabalho: Como o SARS-CoV-2 pode ser transmitido por meio de gotículas e contato, todas as áreas do ambiente da farmácia que possam ter sido contaminadas com o vírus devem ser desinfetadas.
- Limpar e desinfetar frequentemente as zonas de atenção, as áreas de superfície onde há tráfego de usuários, particularmente quando se atende a uma pessoa suspeita, com água e detergente/sabão habitual e solução de hipoclorito de sódio a 1%.
- Limpar e desinfetar os instrumentos clínicos após atendimento a cada paciente e equipamentos de trabalho frequentemente com água e detergente/sabão habitual e fricção com álcool líquido a 70%.
- Aventais, jalecos e uniformes deverão ser trocados diariamente ou substituídos imediatamente, caso haja contaminação após contato com pessoal infectada. Devem ser limpos e desinfetados em água quente ou deixar de molho em hipoclorito de sódio, conforme recomendado em rótulo do produto.
- O tratamento e descarte dos resíduos produzidos pela farmácia deve seguir a RDC 222/2018 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

 

5-    Protocolo de atendimento ao usuário da farmácia.
 Deve-se seguir o seguinte procedimento em relação à atenção a pessoas que chegam ao estabelecimento:
- Ao usuário identificado com sintomas de infecção respiratória deve-se entregar-lhe uma máscara, que deve estar bem fixa
em seu rosto, para criar uma barreira mecânica contra a eliminação do vírus.
- Esse paciente deve ser encaminhado para um espaço reservado, onde possa aguardar distante dos demais usuários no estabelecimento, a pelo menos um (1) metro, e deve ser atendido pelo farmacêutico.
- Atender os usuários de acordo com o Protocolo de Manejo do Coronavírus do Ministério da Saúde e, se necessário, encaminhá-lo para uma Unidade de Saúde do SUS. Consultar o Protocolo em https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf
- O telefone de contato com o Ministério da Saúde para informação sobre o Coronavírus é 136.

Referências para Consulta:
- Ministério da Saúde:
http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/
https://www.saude.gov.br/boletins-epidemiologicos
https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

- Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais:
https://saude.mg.gov.br/coronavirus

- Conselho Federal de Farmácia – Coronavírus:
http://www.cff.org.br/pagina.php?id=837&menu=3&titulo=Coronav%C3%ADrus

- Consejo General de Colegios Oficiales de Farmacéuticos – Espanha:
https://www.portalfarma.com/Profesionales/campanaspf/Asesoramiento-salud-publica/infeccion-coronavirus-2019-nCoV/Paginas/default.aspx











Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Notícias Contatos Acesso Restrito
Agendamento
Anuidade 2020
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Parcelamento  
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda CRF/MG  
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Projetos
Responsabilidade Social
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Urucuia, 48 - Floresta
Belo Horizonte/MG | CEP: 30150-060
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 8h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2020 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG