Orientações para Farmacêuticos em que atuam com atendimento ao público

Comunicação CRF/MG - 16/03/2020 às 17:00:27

Orientações para Farmacêuticos em que atuam com atendimento ao público

O CRF/MG compilou informações importantes sobre o Coronavírus (Covid-19), com recomendações para a você adotar com o seu paciente/cliente e também para os funcionários que trabalham nos estabelecimentos farmacêuticos.

Vamos fazer a nossa parte para evitar a disseminação do vírus!

 

Clique aqui e baixe a cartilha Coronavírus: Orientações para Farmacêticos que aual com atendimento ao público

Clique aqui e baixe a lista com os contatos dos Farmacêuticos Fiscais do CRF/MG em todo o estado

 

1-    Seguir as Recomendações das Autoridades Sanitárias - Federal, Estadual e Local.
A primeira recomendação que o Conselho Regional de Farmácia faz aos farmacêuticos mineiros é seguir a orientação das Autoridades Sanitárias das três esferas de governo, por meio de suas recomendações e documentos oficiais.
Esses documentos podem ser acessados no site do Ministério da Saúde em 
http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/
https://www.saude.gov.br/boletins-epidemiologicos
https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

Também é importante seguir o site da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais para obter as informações pertinentes, acessando o site https://saude.mg.gov.br/coronavirus , e a Secretaria Municipal de Saúde do município onde você trabalha.

 

2-    Facilitar a informação para o cidadão sobre a infecção por Covid-19 ou Coronavírus.
a)    Colocação de informação visual (cartaz e folhetos) em lugares estratégicos do estabelecimento para proporcionar à população as instruções sobre higiene de mãos e higiene respiratória. Verificar na Secretaria Municipal de Saúde se há disponibilidade desse tipo de divulgação.


b)    Informar aos usuários as medidas genéricas de proteção individual referentes a enfermidades respiratórias que incluem:
- Higiene frequente das mãos, lavando-as com água e sabonete líquido, ou a utilização de álcool em gel a 70%, especialmente após contato direto de pessoas ao seu entorno.
- Usar lenços de papel para a higiene respiratória e descartá-los após o uso.
- Se você apresentar os sintomas respiratórios como febre, coriza, tosse, nariz entupido, evite o contato com outras pessoas, mantendo-se à distância de aproximadamente um metro (1) e não tocá-las.
- Evitar tocar os olhos, nariz e boca, já que as mãos facilitam a transmissão.
- Ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente.
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.


c)    Recomenda-se colocar dispensadores de álcool gel ao alcance dos usuários e trabalhadores dos estabelecimentos farmacêuticos.

 

3-    Uso de Máscaras.
Em relação ao uso de máscaras, a população em geral saudável, não necessita usá-las.
As máscaras ajudam a prevenir a transmissão dos vírus naquelas pessoas que estão contaminadas ou enfermas. Os farmacêuticos indicarão o uso de máscaras naquelas situações em que as considere necessário, estudando caso a caso. 
O uso inadequado de máscaras pode contribuir para o desabastecimento das mesmas no mercado local e nas unidades de Saúde e promover uma sensação de falsa segurança que pode levar a negligenciar outras medidas como a prática de higiene das mãos.
Da mesma forma, não se recomenda o uso rotineiro de máscaras aos trabalhadores da farmácia, pois não há indicação para isso.

Modo de Usar:
Os farmacêuticos e trabalhadores devem utilizá-la para evitar a contaminação da boca e nariz por gotículas respiratórias, quando o mesmo atuar a uma distância inferior a 1 (um) metro do paciente suspeito ou confirmado de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2):
- Coloque a máscara cuidadosamente para cobrir a boca e nariz e amarre com segurança para minimizar os espaços entre a face e a máscara;
- Enquanto estiver em uso, evite tocar na máscara; 
- Remova a máscara usando a técnica apropriada (ou seja, não toque na frente, mas remova sempre por trás); 
- Após a remoção ou sempre que tocar inadvertidamente em uma máscara usada, deve-se realizar a higiene das mãos; 
- Substitua as máscaras usadas por uma nova máscara limpa e seca assim que esta tornar-se úmida; 
- Não reutilize máscaras descartáveis. 
Observação: Máscaras de tecido não são recomendadas, sob qualquer circunstância.

Pode-se consultar informações sobre seu uso em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

 

4-    Proteção do Farmacêutico e do trabalhador do estabelecimento farmacêutico.
a)    Pautas de higiene a seguir pelo trabalhador da farmácia.
- Higiene das mãos frequentemente, lavar com água e sabão ou usar álcool gel.
- Ao tossir, cobrir a boca e o nariz com o cotovelo flexionado ou utilizar lenço de papel descartável e descartá-lo adequadamente. Higienizar as mãos. Utilizar lenço descartável para a higiene nasal.
- Manter distância mínima de um (1) metro de outras pessoas que apresentem sinais ou sintomas de infecções respiratórias agudas, como tosse, espirros e congestão nasal.
- Evite tocar nos olhos, nariz e boca, bem como objetos potencialmente contaminados como corrimão ou maçanetas, já que facilitam a transmissão do vírus.
- Mudar a etiqueta de tratamento às pessoas. Evite o contato pessoal como apertos de mãos, abraços ou beijos, mesmo em pessoas assintomáticas. Essa medida ajuda a reduzir a propagação do vírus.

b)    Limpeza do ambiente de trabalho: Como o SARS-CoV-2 pode ser transmitido por meio de gotículas e contato, todas as áreas do ambiente da farmácia que possam ter sido contaminadas com o vírus devem ser desinfetadas.
- Limpar e desinfetar frequentemente as zonas de atenção, as áreas de superfície onde há tráfego de usuários, particularmente quando se atende a uma pessoa suspeita, com água e detergente/sabão habitual e solução de hipoclorito de sódio a 1%.
- Limpar e desinfetar os instrumentos clínicos após atendimento a cada paciente e equipamentos de trabalho frequentemente com água e detergente/sabão habitual e fricção com álcool líquido a 70%.
- Aventais, jalecos e uniformes deverão ser trocados diariamente ou substituídos imediatamente, caso haja contaminação após contato com pessoal infectada. Devem ser limpos e desinfetados em água quente ou deixar de molho em hipoclorito de sódio, conforme recomendado em rótulo do produto.
- O tratamento e descarte dos resíduos produzidos pela farmácia deve seguir a RDC 222/2018 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

 

5-    Protocolo de atendimento ao usuário da farmácia.
 Deve-se seguir o seguinte procedimento em relação à atenção a pessoas que chegam ao estabelecimento:
- Ao usuário identificado com sintomas de infecção respiratória deve-se entregar-lhe uma máscara, que deve estar bem fixa
em seu rosto, para criar uma barreira mecânica contra a eliminação do vírus.
- Esse paciente deve ser encaminhado para um espaço reservado, onde possa aguardar distante dos demais usuários no estabelecimento, a pelo menos um (1) metro, e deve ser atendido pelo farmacêutico.
- Atender os usuários de acordo com o Protocolo de Manejo do Coronavírus do Ministério da Saúde e, se necessário, encaminhá-lo para uma Unidade de Saúde do SUS. Consultar o Protocolo em https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf
- O telefone de contato com o Ministério da Saúde para informação sobre o Coronavírus é 136.

Referências para Consulta:
- Ministério da Saúde:
http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/
https://www.saude.gov.br/boletins-epidemiologicos
https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/11/protocolo-manejo-coronavirus.pdf

- Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais:
https://saude.mg.gov.br/coronavirus

- Conselho Federal de Farmácia – Coronavírus:
http://www.cff.org.br/pagina.php?id=837&menu=3&titulo=Coronav%C3%ADrus

- Consejo General de Colegios Oficiales de Farmacéuticos – Espanha:
https://www.portalfarma.com/Profesionales/campanaspf/Asesoramiento-salud-publica/infeccion-coronavirus-2019-nCoV/Paginas/default.aspx







Mapa do Site

Serviços Informações Institucional Transparência    Projeto Eleições Contatos Acesso Restrito
Agendamento
Validar PGRSS
Anuidade
Capacitações
Consultar Farmacêutico  
Consultar Protocolos
CR Web
Denúncias  
Empresa Nova - Registro
Inscrição Profissional
Ouvidoria
Requerimento CR
Requerimento Online
Validar Certificado
Validar CND
Validar DIR
Validar DNCE
Agenda e Eventos Farmacêuticos
Área Técnica / Legislações
Concursos
Direitos e Deveres
Licitações
Mídias Sociais
Perguntas Frequentes
Publicações e Documentos
Requerimentos e Modelos        
Associações Farmacêuticas
Comissões
Competências
Diretoria
Estatísticas
Estrutura
Fiscalização
História
Princípios
Responsabilidade Social
Atitude Farmacêutica
CRFMG de Vantagens
Receita Legível
Acesso à Informação
CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Rua Rodrigues Caldas, 493 - Santo Agostinho
Belo Horizonte/MG | CEP: 30.190-120
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, de 08h às 17h
Todos os direitos reservados. © 2021 - Desenvolvido pela Assessoria de Imprensa e Gerência de Tecnologia da Informação do CRF/MG Conselho Regional de Farmácia de MG